Tijd  6 uur 43 minuten

Coördinaten 1117

Geüpload 6 november 2016

Uitgevoerd november 2016

  • Score

     
  • Informatie

     
  • Gemakkelijk te volgen

     
  • Omgeving

     
-
-
1.404 m
818 m
0
2,9
5,8
11,53 km

4666 maal bekeken, 129 maal gedownload

nabij Vilarinho das Furnas, Braga (Portugal)

Mais uma rota aberta, para quem quiser ir ao Borrageiro por um caminho diferente.
É um percurso que não deve ser feito com mau tempo, porque se apanha zonas de lajes com mais de 60% de inclinação. Quando se inicia a trepada para a crista do Arieiro, encontra-se mariolas até á base do 1º promontório rochoso, a partir daí as que encontrarem (poucas), foram postas por nós para quem quiser fazer este percurso. Elas foram postas nas zonas de passagem mais complicadas. Passar esse 1º promontório rochoso é a chave do percurso, por isso muita atenção ao GPS. São acerca de 100 metros complicados com trepadas, descidas e passagens estreitas pelo meio das rochas, mas que se fazem...! Quem optar pela passagem por cima dele (não aconselho) é melhor levar corda, porque pelo outro lado existe uma ravina de acerca de 20/30 m de altura com uma pequena abertura que eu não consegui, mesmo depois de estar a olhar bem para ela do outro lado da passagem, ver uma passagem em condições de se poder descer..., talvez tenha! Portanto á que fazer um rapelzinho...! A partir daqui é uma trepada pura que se faz muito bem sem dificuldade, excepto o custar a subir, porque para cima nenhum santo ajuda. A partir do Borrageiro, descemos num ângulo de 90º em relação ao trilho que passa na Lomba do Pau e seguimos em frente em direção ao cabeço rochoso que fica mesmo por cima da nascente da ribeira de Fontaíscos que se une á ribeira do Porto para criar o rio Maceira mais abaixo. Nessa cumeada apreciamos a maravilhosa paisagem do vale da Maceira e arredores, andamos por aquele lugar a apreciar o que nos foi aparecendo pela frente ficamos com vontade de lá ir outra vez conhecer mais coisas...! Saímos do curral que existe mais á frente em direção ao trilho que passa um pouco mais acima na Lomba do Pau e regressamos pelo Vidoal a Leonte.
As paisagens são arrasadoras, pois vemos lugares já conhecidos, mas de um ângulo completamente diferente, e que as torna numa novidade.
Foram 13,2Km de distancia real.
  • Foto van Vidoal
  • Foto van Vidoal
  • Foto van Vidoal
  • Foto van Vidoal
  • Foto van Junco.
  • Foto van Junco.
  • Foto van Junco.
  • Foto van Junco.
  • Foto van Abrigo-Prado Camalhão
  • Foto van Abrigo-Prado Camalhão
  • Foto van Abrigo-Prado Camalhão
  • Foto van Abrigo-Prado Camalhão
  • Foto van Miradouro
  • Foto van Miradouro
  • Foto van Miradouro
  • Foto van Miradouro
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Crista do Arieiro.
  • Foto van Borrageiro 1432m
  • Foto van Borrageiro 1432m
  • Foto van Borrageiro 1432m
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Miradouro.
  • Foto van Curral.
  • Foto van Curral.
  • Foto van Curral.
  • Foto van Curral.
  • Foto van Chã da Fonte
  • Foto van Chã da Fonte
  • Foto van Chã da Fonte
  • Foto van Chã da Presa.
  • Foto van Chã da Presa.
  • Foto van Chã da Presa.

5 commentaren

  • Foto van TRUKA

    TRUKA 6-nov-2016

    Um excelente trilho, com um troço bem difícil e um estudo prévio muito bom

  • Foto van PARAQ

    PARAQ 6-nov-2016

    Maka, sem comentários.

  • Foto van FranciscoJFC

    FranciscoJFC 18-jan-2017

    Fiz este trilho no passado dia 1-DEZ-2016, e confesso que ultrapassou as minhas expectativas, que já eram altas .

    O corte na ligação Mourô-Camalhão, evitando ir à Chã da Presa, é interessante, e já o incluí como rotina de acesso ao Vale da Teixeira, sempre que saio de Leonte.

    Mas a verdadeira maravilha é a Crista do Arieiro que, feita com os devidos cuidados, nos compensa com memórias visuais inesquecíveis , uma vez que nos permite ver sítios bastante familiares, mas de uma perspectiva imponente.
    Descontando as questões de subjectvidade na avaliação dos percursos - o dia estava com um sol bonito, havia neve nas vertentes norte, algum movimento na serra de caminheiros como nós, que nos saudaram de longe, enfim ... - este percurso vai para o meu TOP FIVE , sem qualquer dúvida .

    Parabéns MAKA, e obrigado .

  • Foto van FranciscoJFC

    FranciscoJFC 18-jan-2017

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Desde que feito com cuidado, em particular a parte da crista do Arieiro, o percurso é altamente compensador . Convém ser feito sem chuva, nem neve nem gelo. Mesmo com tempo seco, evitar os dias em que as noites estiveram próximas dos zero graus , porque alguma humidade de nevoeiros pode transformar-se em gelo, e aguentar-se durante parte do dia em zonas sem exposição solar .
    Como orientação, utilizar gps com o presente percurso gravado.
    Boa caminhada

  • Foto van C981

    C981 27-aug-2017

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Não há duvida que é brutalmente panorâmica a vista, mas pessoalmente achei demasiado difícil. Na subida depois do Camalhão ate à Crista do Arieiro achei o percurso exigente e risco de quedas bastante aumentado para caminheiros com pouca experiência ou condições meteorológicas desfavoráveis. Houve subidas que um pé em falso ou torcido pode ser fatal. GPS imprescindível.