-
-
242 m
138 m
0
6,4
13
25,59 km

792 maal bekeken, 7 maal gedownload

nabij Vitória de Santo Antão, Pernambuco (Brazil)

Assim, por acaso, cruzei com o Capitão Aílton:
"- Vamos pedalar no domingo?"
Para minha surpresa ele respondeu positivamente. Eu disse que queria ir em Vitória para visitar minha mãe que sofria se recuperando da ´chicocunha´, e pondeirei que por lá tem muita ladeira.
"- Vamos para o Monte das Tabocas. Eu soube que Tapacurá está quase cheia. Faz um percurso curto, uns 30km, quem sabe agente pode ir até a barragem", ele falou.
"- Vou falar com Sérgio e divulgar", disse eu.
"- Vai ser a minha volta às pedaladas".

Em abril do ano passado, quando tentávamos refazer ´Matas de Aldeia´, o Capitão machucou-se feio. Sérgio assumiu a liderança da Turma do Pedal-PE e manteve a peteca no ar. Lugar histórico, cheio de simbolismo, para marcar o retorno. Foi em Tacocas que alcançamos a primeira das 4 grandes vitórias contra os holandeses na Insureição Pernambucana, depois vieram Casa Forte, Guararapes I e Guararapes II.

A última visita ao lugar foi no pedal ´Tapacurá no Galo da Madrugada´. Na resenha, narrei o depoimento de Frei Calado, no livro ´O Valoroso Lucidemo´. Desta vez, vou transcrever o relatório do capitão dos invasores, o coronel Hendrick van Haus, que partiu da Várzea:
"Ontem marchei com a minha tropa da casa do Covas[Engenho Apuepe de Belchior Rodrigues Covas] para o curral de João Fernandes Vieira, com a intenção de recolher ali algum gado e farinha para distribuir aos soldados. Chegando ao curral achei alguns portugueses, que fugiram; ao perseguí-los deparei-me com uma forte guarda avançada, que ataquei e obriguei a recuar, seguindo-a até um monte íngreme, para subir o qual só havia uma passagem estreita. Nela estava o inimigo com todo o seu poder; e a defendeu, como desesperado, com grande coragem. Nós, com a mesma coragem e com o máximo de nosso esforço, o atacamos. A luta durou sem interrupção, duas a tres horas, com extraordinária fúria de ambos os lados, com ataques e defesas."

Procurei um percurso direto para o monte, para quem sabe depois ir até barragem. Todas as minhas tentativas esbarraram na distância e/ou numa elevação inadequada para as diretivas do comandante. Já havia me resignado a com o 'vamos até lá e depois vê no que dá' quando na noitinha do sábado apareceu uma luz. Será que dava para aproveitar alguma coisa da trilha que fizemos com os Farrapeiros de Vitória até o Engenho Açude Grande? Nova investigação e 'achei' 17 km de Vitória até Tabocas.

O pedal ficou redondo, fácil para pedaleiros e moderado para iniciantes, porém delicioso de fazer: Sai de Vitória pelo bairro do Cajá, pega a primeira subida, a mais difícil, depois que o corpo já está aquecido, chegando na cota de quase 240 metros. No alto comemos algumas pitangas que estavam dando sopa por fora da cerca. Logo em seguida, descemos para o Engenho Cacimbas. A segunda ladeira é mais longa que a primeira, mas dá prá subir pedalando. Depois de dobrar um joelho no alto, vem a melhor parte da trilha: um dowhill de 70 metros que dá para fazer quase sem segurar no freio! Lá em baixo, esperando todos se reagruparem, a satisfação foi geral, com alguns perguntando se iríamos ter que subir por ali na volta.

Quando tomamos a estrada do Parque Estadual do Monte das Tabocas, nós paramos para comer azeitona roxa. Antes de chegar, paramos numa curva para apreciar a paisagem, com o lago de Tapacurar e as ruinas de São Bento ao fundo, refrescando-se na brisa gelada que soprava. Não havia ninguem por lá. Deixamos as magrelas perto da capela em homenagem a Nossa Senhora , e seguimos para o mirante, não sem antes o mais falante pisar em 'josta' de gado, mesmo tendo sido avisado.

Para nosso Capitão Aílton tudo aquilo ali era inédito. Melhor lugar não havia para tê-lo de volta.
Waypoint

Eng Cacimb

Engenho Cacimbas
piek

Tabocas

Monte Das Tabocas

8 commentaren

  • Foto van Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE)

    Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE) 26-feb-2016

    Mais uma vez o nosso historiador escreve com puro saber nossas andanças por terras pernambucanas...
    Parabéns!!! Vamos em frente!!!

  • Foto van Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE)

    Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE) 26-feb-2016

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Ótima trilha para recomeçar!!

  • Foto van Sérgio Cunha (Turma do Pedal - PE.)

    Sérgio Cunha (Turma do Pedal - PE.) 27-feb-2016

    Parabéns professor! Histórias que só vc sabe narrar. Vamos às próximas trilhas.

  • Carlos Gregorio 2-mrt-2016

    Maravilha. Parece até que estava lá também. Abraço a todos.

  • Foto van Mamario

    Mamario 8-apr-2016

    amigo, belo roteiro e bela história, faltou mencionar a batalha do sítio trindade e a batalha de tejucopapo em goiana que foi as mulheres e as crianças que expulsaram os holandeses.

  • Foto van Sérgio Cunha (Turma do Pedal - PE.)

    Sérgio Cunha (Turma do Pedal - PE.) 9-apr-2016

    Eita Mamario, vou falar para nosso historiador Haroldo, sabe tudo de historia pernambucana.kkkk

  • Foto van HAROLDO CAVALCANTI (Turma do Pedal-PE)

    HAROLDO CAVALCANTI (Turma do Pedal-PE) 14-mei-2016

    Olá Mamario,
    Desculpe-me a demora em responde-lhe.

    De fato são momentos diferentes, os dois eventos que você menciona. Sitio da Trindade, ou Arraial Velho do Bom Jesus, aconteceu ainda durante a fase em que os holandeses tinham ocupado Pernambuco, mas não conseguiam o domínio territorial porque Matias de Albuquerque comandava a guerrilha que matava os invasores ´na unha´: ele optou por aquilo que Prof. Evaldo Cabral de Mello chamou de guerra lenta, guerrilha, enquanto os europeus estavam acostumados com formação de batalhão, etc. Imagina você: Olinda, Recife, os bairros de São José e Sto. Antônio eram de domínio holandês, mas eles não conseguiam destruir o Arraial ali pertinho em Parnamirim, porque as matas densas e mangues provocavam um afunilamento da tropa e aí os brasileiros na tocaia iam abatendo. Alias, vale registrar que Parnamirim quer dizer rio pequeno, e que era um das maneiras de chegar ao Arraial, é o hoje canal que passa atrás do Sítio, corre ao lado do shopping de mesmo nome e deságua no Capibaribe ebaixo da ponte.

    Arciszewki só conseguiu vencer o Arraial depois que Calabar mudou de lado, informando trilhas, acessos e principalmente, que ele era abastecido através da cidade de Igarassu. Os holandeses dominaram o norte da capitania, sufocando de fome o quartel general pernambucano, o Forte Real, levando-o a sua derrocada em 1635. Foi a partir de então que a capitania caiu, Nassau chegou, e foi outra história.

    Tejucupapo, a Batalha do Monte das Trincheiras, foi acontecer em 1646 (Tabocas é de agosto de 1645), numa fase em que havia muita escassez de alimentos no Recife e os holandeses foram até a vila no intuito de conseguir farinha de mandioca e caju. Neste ponto o dominio praticamente se restringia ao Recife e arredores, e algumas das fortalezas litoraneas como Reis Magos, Cabedelo, mas a do Cabo (em Calhetas), Porto Calvo e Penedo (no Rio São Francisco) já tinham capitulado.

  • Foto van Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE)

    Ailton_Jr (Turma do Pedal - PE) 15-mei-2016

    Grande Capitao Haroldo!!
    Todavia não vi nenhuma menção no postulado acima sobre mulheres e crianças na guerra. Isso procede??