Tijd  één dag 7 uur 32 minuten

Coördinaten 1367

Geüpload 19 september 2016

Uitgevoerd september 2016

  • Score

     
  • Informatie

     
  • Gemakkelijk te volgen

     
  • Omgeving

     
-
-
1.806 m
926 m
0
3,7
7,3
14,63 km

7155 maal bekeken, 450 maal gedownload

nabij Rio Bonito, Paraná (Brazil)

Travessia das Fazendas - Montanhas:Camapuã, Tucum, Cerro Verde e Itapiroca.
TRAVESSIA SERRA DO IBITIRAQUIRE/PR.
A ideia dessa travessia foi iniciar na fazenda Bolinha e ir por cimas das montanhas até a fazenda do Pico Paraná e Fazenda Rio das Pedras com acampamento no Cerro Verde.

O acesso é pela BR 116, sentido Curitiba-São Paulo, de olho na principal referência que é o Posto do Túlio, para não perder a discreta entrada de estrada de chão, à direita.
A trilha Iniciou-se na Chácara do Bolinha, ali assinamos o registro e fizemos o pagamento de R$ 10,00 pela passagem, seguimos a trilha, cruza-se rio, cruza para cá cruza para lá e e seguimos a trilha por dentro da mata, até encontrar o cruzamento e seguir em direção ao Camapuã e Tucum, deixamos o Ciririca e Pedra Branca para uma outra investida. A trilha em meio a mata termina depois de subirmos parte da primeira montanha, o Camapuã.

CAMAPUÃ:
A partir dali a vegetação segue rasteira até o final da montanha, o que nos proporcionou uma vista magnífica e nos fez demorar ainda mais para chegarmos ao topo além de rampa exposta e uma subida íngreme, uma subida reta por pedras e capim numa inclinação constante de +/- 50° e interminável por ser escalonada dá a impressão que a qualquer hora estaremos chegando e ainda tem uma boa pernada para subir até o cume do Camapuã. O visual neste local vale cada esforço dessa subida, para onde olhávamos tínhamos uma linda vista.

Ali no Camapuã tem um marco geodésico e vestígios de onde existia antigamente uma caixa de pico, que infelizmente sobrou só a base da caixa.

O Pico Camapuã está situado no município de Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba e localizado no sudoeste da Serra Ibitiraquire possui aproximadamente 1.706 metros (Camapuã) com uma ótima vista para os picos Itapiroca, Pico Paraná e entre outros da serra, além de uma vista para a Represa do Capivari e logo ali na nossa frente o Tucum e partiu seguir seguir para realizar a ascensão.

TUCUM:
A subida para o Tucum foi muito tranquila, somente uma parada para buscar um pouco de água geladinha na bica (neste dia o filete existente de água era bem pequeno, levando alguns minutos para encher a garrafa de 2 litros), rapidamente conseguimos chegar ao seu cume, e lá sim tem uma caixinha para assinar o caderno e também um ponto geodésico ali próximo.

Altitude Máxima: 1720 metros.
Seu cume é amplo e todo formado por vegetação campestre.
De seu topo há uma belíssima vista para o Pico Paraná, a maior montanha do Sul do Brasil.

ATENÇÃO: A descida do Tucum é bem íngreme, mas nada muito difícil, só tem que ter cuidado, e dois pontos tem corda para auxiliar, além de íngreme o local é bem escorregadio. Preste atenção nestas cordas antes de se utilizar do auxílio delas.

CERRO VERDE:
Chegamos no Cerro Verde e chegando ali se entende o porque ele é chamado de anfiteatro da Serra do Ibitiraquire, é sensacional a visão de lá, a localização dessa montanha permite que realmente se veja em 360 graus toda a serra, todas as montanhas são vistas num ângulo que as torna maiores pela amplitude de visão. Um espetáculo magnífico! Por isso o motivo de acamparmos neste local.

No outro dia, retornamos a mesma trilha que chegamos vindo do Tucum e logo chegamos à bifurcação, junto a grandes pedras no lado direito, a pouco menos de 200 metros desde a clareira, a trilha da direita é a trilha que nos leva ao Itapiroca.
Tem na maioria do trajeto um emaranhamento de vegetação, neste percurso existe uma passagem por um vale de árvores grandes e um local bem úmido com umas gretas (Abertura estreita entre rochas e vegetação) que deixa essa parte confusa, mas existem marcações neste ponto (só não me recordo o tipo). Bom garantir usando o tracklog para dar um auxílio neste ponto. Tenha atenção neste ponto, procure marcas e tenha atenção no solo. Após passar este ponto já inicia-se a subida até o Itapiroca.

ITAPIROCA
O Pico Itapiroca com os seus 1.805 metros, é a quinta montanha em altitude desta região. É uma formação rochosa de granito e gneisse, entre o município de Antonina e Campina Grande do Sul. Do cume do Itapiroca é possível avistar praticamente toda a Serra do ibitiraquire onde localiza-se o Pico Paraná, a Oeste a represa do Capivari, ao Norte o Pico Caratuva, e na porção Sul/Sudeste/Sudoeste destacam-se o Tucum, Camapuã e ao longe o imponente Ciririca com suas duas placas que se tornam reluzentes ao sol do amanhecer. Mais ao longe avistam-se as montanhas das serras da Graciosa, Baitaca e do Marumbi.
Passando o cume mais elevado que tem uma área menor, praticamente só uma rocha que passamos por ela para acessar o segundo cume (falso cume) onde situa-se a caixa de registros, e local para belas fotos.

Seguimos descendo, agora por uma trilha larga, que é muito utilizada. Passamos pela grande área de acampamento do Itapiroca, que tem uma boa vista e espaço para diversas barracas. Infelizmente este local estava bem sujo e com muito lixo e vários pontos de banheiro. Seguindo a trilha chega-se a bifurcação para Fazenda ou Pico Paraná (1.876 m), ponto culminante do estado e da região sul do Brasil, seguimos em direção a fazenda onde é nosso objetivo para finalizarmos a travessia dos 4 Picos: Camapuã, Tucum, Cerro Verde e Itapiroca ligando as duas fazendas.

Trilha realizada com o grupo: Sem Limites!
(Acelon, Aroldo, Carlise, Dayanne, Deisi, Denise, Johnny, Juliana, Ricardo, Terezinha, Yuri).

Ao acampar lembre-se: as fogueiras são proibidas em locais ambientalmente protegidos. A atividade enfraquece o solo e representa uma das grandes causas de incêndios florestais. Ao cozinhar utilize fogareiro, para iluminação use lanterna e para se aquecer, basta ter a roupa adequada ao clima do local que se está visitando.
Evite desmoronamentos ao entrar e sair de rios, e também não jogue nada neles; Não entre acompanhado de animais de estimação.
Muita atenção ao horário de retorno (variável de acordo com a estação), leve SEMPRE lanterna e baterias sobressalentes; Lembre-se: em ambientes naturais há riscos de diversos acidentes e a fadiga pode favorecê-los.
NUNCA deixe nenhuma forma de lixo nas trilhas ou montanhas, recolha o lixo que encontrar se for possível.
Toda trilha possui seu esforço é importante conhecer seus limites.
Respeite a natureza! Preservemos a beleza natural do mundo.

A felicidade verdadeira deve ser compartilhada!
Cruzar Rio
Cruzar rio
Cruzar Rio
Cruzar o rio
Árvore
Bifurcação Placa: Camapuã - Ciririca...
Rocha
Vista
Camapuã
Vista
Vista
Córrego com pouca água. 17/09/2016
Vista
Tucum
Vista
Vista
Vista
Vista
Cerro Verde
Vista
Vista
Área de camping
Vista
Vista
Vista
Do cume do Itapiroca(1805m) é possível avistar praticamente toda a Serra do ibitiraquire onde localiza-se o Pico Paraná, a Oeste a represa do Capivari, ao Norte o Pico Caratuva, e na porção Sul/Sudeste/Sudoeste destacam-se o Tucum, Camapuã e ao longe o imponente Ciririca com suas duas placas que se tornam reluzentes ao sol do amanhecer. Mais ao longe avistam-se as montanhas das serras da Graciosa, Baitaca e do Marumbi.
Itapiroca
Área de camping
Placa Pico Paraná - Retornar para Fazenda
Grampos
Bica de Água
Placa Caratuva - Retornar para Fazenda
Getúlio
Vista
Rocha
Mirante
Rocha
Vista
Placa Parque Estadual Pico Paraná
Ponte
Área de banho

70 commentaren

  • Foto van Sandro Beltrame

    Sandro Beltrame 20-sep-2016

    Parabéns, excelente travessia, vou colocar mais esta na lista que não para de crescer com as duas aventuras.
    Valeu, abraços.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 20-sep-2016

    Vale muito a pena Sandro, o local é espetacular em uma próxima quero fazer invertida com acampamento no Tucum, para uma vista espetacular do por do sol.
    Abraços e Boas trips!

  • Foto van Major_Kalu

    Major_Kalu 28-mrt-2017

    Bacana essa trilha, legal poder sair de uma fazenda e terminar em outra. Ontem eu encontrei uma trilha feita com GPS e salva nesse link aqui: http://www.openstreetmap.org/#map=14/-25.2851/-48.8307

    Parece que existe uma trilha que sai da Estrada da Graciosa e que liga a essa trilha também, lá por Ciririca e Agudo.
    Por esse site também encontrei outras trilhas interessantes e caminhos mais antigos que pretendo fazer próximo ao pico Ferraria, que é outro que quero subir.

    Sabe me dizer se tem algum atalho que ligue a Janela da Cotia ao PP? Estou pensando em ir lá e verificar essa possibilidade mais de perto. Pois recentemente foi feita a TRAVESSIA DOS ESQUECIDOS: FERREIRO-GUARICANA na raça, que era parte de uma trilha antiga que já foi fechada por falta de uso, abraços.

  • Foto van robertonatural

    robertonatural 2-apr-2017

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Linda trilha...visual espetacular

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 3-apr-2017

    Obrigado Roberto.
    Este lugar é realmente fantástico pretendo este ano refazer este percurso.
    Boas trip Amigo!

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 4-apr-2017

    Muito legal a informação Kalu. Sim tem estas trilhas que você comentou.
    não conheço atalho para ligar a janela da cotia até o PP, os caminhos que tem acabam se separando.
    Vou dar uma melhor pesquisada nessa região que vc comentou.
    Abraços amigo.

  • Foto van afonso.lenzi

    afonso.lenzi 4-apr-2017

    Como foi a travessia do Cerro verde ao Itapiroca? Alguma recomendação meu amigo?

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 4-apr-2017

    Boa tarde Afonso.
    Quanto a travessia do Cerro Verde ao Itapiroca acho um trajeto tranquilo, se você não conhece o percurso é bom se atentar e seguir um mapeamento. Em questões de detalhes eu diria: Coloque tudo dentro da mochila, em alguns pontos possui um emaramento de vegetação e fica enroscando nas coisas que estão penduradas. No meu ponto de vista seria somente isso.
    Boa trip e fico a disposição.
    Abraços Amigo.

  • Foto van afonso.lenzi

    afonso.lenzi 4-apr-2017

    muito obrigado! suas tracks são bem mapeadas e documentadas, valeu!

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 4-apr-2017

    Valeu!
    Acabei de lembrar de um detalhe importantíssimo Afonso.
    Entre o Cerro Verde e Itapiroca existe uma passagem por um vale de árvores grandes e um local bem úmido com umas gretas (Abertura estreita entre rochas e vegetação) que deixa essa parte confusa, mas existem marcações neste ponto (só não me recordo o tipo). Bom garantir usando o tracklog para dar um auxílio neste ponto. Tenha atenção neste ponto, procure marcas e tenha atenção no solo. Se você não experiente em trilhas vá de preferência com alguém que tenha mais experiência ou conheça o local. Abraços.

  • Foto van afonso.lenzi

    afonso.lenzi 4-apr-2017

    Eu só nao conheço esse trecho ali, muito obrigado!

  • pespisheros 5-apr-2017

    Existe a possibilidade de se ir da janela da conceição ao PP, mas tem que subir a encosta...Foi feita algumas vezes, pelo Elcio, pelo Jurandir. Pauleira e pedra pura. Da graciosa até o ciririca existe ( km 22 da graciosa até os agudos e ciririca, porém a trilha é ruim, apertada e tem uns perdidos monstros. Anda por dentro da água. Não aconselhavel fazer sozinho e sem conhecimento prévio.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 6-apr-2017

    Obrigado pela informação.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 6-apr-2017

    Show. Muito obrigado pela informação e pelo compartilhamento!
    Adorei saber!

  • Foto van Major_Kalu

    Major_Kalu 6-apr-2017

    Muito bom! Gostei mesmo de ler a história, o lugar é diferente do que eu imaginava ser possível fazer. Guardei nos favoritos aqui e lendo deu para perceber que a dificuldade é bem grande. Pena que não exista uma mapa digital, mas pode ser que eles tenham feita algumas anota.cões. Vou procurar me informar sobre isso.

    Agradeço por isso, trilhas desse tipo devem guardadas e compartilhadas para que outras pessoas consigam repetir isso outras vezes, quem sabe criar novas aventuras no lugar. Muito boa mesmo!

  • pespisheros 6-apr-2017

    Tem um arquivo no site dos mochileiros, com diversas trilhas mapeadas...MAS TOMEM CUIDADO, NÃO DÁ PARA VERIFICAR A FONTE, OU SEJA, PODE SER QUE ALGUMA TRILHA NÃO ESTEJA DEVIDAMENTE CORRETA. FAVOR UTILIZAR SOMENTE PARA ESTUDOS. Não conheço o autor só estou indicando a página.

    http://www.mochileiros.com/download/file.php?id=7696

  • Foto van afonso.lenzi

    afonso.lenzi 11-apr-2017

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Pernada excelente, atenção às cordas na descida do Tucum e para a navegação mais complicada nos vales entre tucum e cerro verde e o cerro verde e itapiroca. Quero fazer outra vez com um visual mais aberto.

  • Foto van guigoverde

    guigoverde 10-jun-2017

    D+... algum contato de resgate da fazenda Parana até a fazenda do Bolinha?

  • pespisheros 12-jun-2017

    Guigoverde, se você for até o dilson , fim de semana e feriados, vai encontrar muita gente por lá, pode-se conseguir ( ei fiz isto) uma carona até curitiba, ou até a entrada do bolinha ( do bola até o asfalto dá uns 4 km). É uma pernada ( bolinha até o Dilson) que dá para fazer de ataque , quase correndo.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 12-jun-2017

    Boa a dica do Pespisheros.
    Vou colocá-la em prática também.
    rsrsrs...

  • pespisheros 12-jun-2017

    Só pra constar, ano passado (2016) desci do onibus depois do posto tulio, eram 8 da manhã. 9 da manhã estava no bolinha, tinha um pessoal ali ( uma menina estava de croc, tinha esquecido a bota) 11,30 da manhã já estava no tucum, onde almocei...desci as encostas do camapuã e 14 horas estava por ali no cerro verde. Dormi por ali na grama uma boa soneca, 16:30 horas eu estava já no itapiroca, armando a barraca para passar a noite. Detalhe, cargueira, leve, mas com tralhas. Acredito que se sair do bola as 8:00 de ataque, 17:00 horas estará no dilson, andando de boa. Pois você tera somente 3 subidas ( 2 bem pesadas) pela frente, que são o tucum ( longa e chata) camapuã ( rápida) e Itapiroca, desgraçada de longa, mas na sombra.

  • Foto van thiagofrattini

    thiagofrattini 18-feb-2018

    Bom dia Johnny, tudo bom ?
    Show de bola a trilha.
    Seguinte como é próxima da minha cidade estou querendo adentrar nela, chegando lá tem grupos ou algo semelhantes, e a volta pra pegar de volta o carro e tal essas coisas como funcionaria...
    Lembrando que essa vai ser a trilha de maior percurso, já fiz outras porém de menor percursos e próximo de onde morava onde não tinha dificuldade. Mais paisagens.
    Forte abraço.

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 1-mrt-2018

    Fala Jhonny!
    Tudo bem?
    No feriado de Corpus Crhisti, pretendo fazer os 7 cumes e talvez eu use parte do seu tracklog, pois está bem detalhado até o Itapiroca.
    Mas gostaria de saber se a partir do Ferraria, existe alguma rota sentido a BR-116 ou que saia lá no Dilson na fazenda PP ou outra fazenda da região?

    Desde já agradeço a atenção!

    Abraços

  • Foto van Major_Kalu

    Major_Kalu 1-mrt-2018

    Olá, se você voltar pelo PP consegue fácil voltar para o Dilson sem problemas.

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 2-mrt-2018

    Fala Kalu, tudo bem?
    Valeu pela resposta.

    No caso, do Ferraria existe rota até o Pico Paraná?
    Conheço a que sai do caratuva pra lá, inclusive a minha idia inicial era incluir o Pico Paraná a partir do caratuva e depois do PP, seguir a trilha em direção ao Ferraria.
    Ou seja, faria nesse caso 8 cumes em vez de 7.
    A ordem seria a seguinte, começando no Bolinha:

    Camapuã
    Tucum
    Cerro Verde
    Itapiroca
    Caratuva
    Pico Paraná
    Taipabuçu
    Ferraria

    Daí precisaria achar uma rota do Ferraria pra sair.. só achei uma que vai pra "cachoeira de Cima" ou então voltando pela mesma trilha como nesse outro exemplo: https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/taipabucu-ferraria-parque-estadual-pico-do-parana-19551148

    Vi no mapa via satélite, o que pode ser uma rota, mas não vi tracklog. Então não sei se é uma propriedade particular e só proprietário passa por lá.
    A rota seria a seguinte -> https://prnt.sc/iltyuc (imagem da possível rota)

    Alguém sabe se é possível?

  • Foto van Major_Kalu

    Major_Kalu 4-mrt-2018

    Cortando não tem, teria que voltar até o Caratuva, ali o mato é muito fechado, teria que atravessar usando facão e levaria uns 4 dias eu acho.

    A face Leste do PP foi feita só 3 vezes se não me engano, tenho contato de um que fez, Elcio o nome dele.
    http://www.altamontanha.com/Noticia/4874/ascensao-inedita-ao-pico-parana-pela-face-leste-do-ibitirati

    Aí eu tenho essa daqui: https://pt.wikiloc.com/trilhas-montanhismo/trilha-da-crista-leste-do-pico-ferraria-pr-7723510

    Da para juntar as duas, mas vai uns 4 dias eu acho ou mais. O PP pela face leste é bem difícil, subiria um dia, ainda falta muito equipamento e o preparo é muito maior. Acho importante uma boa experiência para fazer uma trilha da face leste.

    Ferraria já é um lugar difícil de chegar, já vale o passeio também.

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 5-mrt-2018

    Oi Kalu!
    Minha intenção não é fazer PP via face leste. Não tenho equipos de escalada.
    Eu seguiria do topo do Caratuva em direção ao PP, pela crista e subiria a rota tradicional mesmo.

    A minha dúvida maior é na questão do Ferraria apenas, se haveria uma rota alternativa que levaria até a fazenda Pico Paraná, assim como o desenhado no link que enviei mais acima (https://prnt.sc/iltyuc)

    Mas agradeço suas informações de qualquer forma!

    Abraços

  • pespisheros 6-mrt-2018

    Lendo a discussão de vocês...
    Existe trilha que sai do bolinha e vai até o ferreiro e guaricama. ( tenho os track logs de tudo).
    E existe também, km 22 ao bairro alto, são 5 dias de pernada, trilha sai do bairro alto antonina, sobre pela crista leste do ferraria e segue taipa, caratuva, pp, itapiroca, trilha de cima ciririca e segue pelos agudos até sair na estrada da graciosa.
    Tenho os track de tudo isso. Pernada bruta, bruta bruta. No site do mochileiros o Tiago Korb, tem um relato com muitas fotos. Bairro alto ao km 22 da graciosa.
    Se quiserem companhia na temporada eu vou.
    Uma pernada boa também é uma que abrange janela da conceição, ferraria, taipa , caratuva e desce pro dilson.
    Quem quiser o track ( gps garmin) me mande um mail : pweber@coamo.com.br , dou mais dicas pelo mail.

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 6-mrt-2018

    Show pespisheros! Valeu!

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 6-mrt-2018

    Valeu!
    Pra essa eu precisaria mais do que um feriado de 4 dias..
    Mas curti bastante!
    Mas sobre o que postei inicialmente sobre os 7 cumes.
    Saberia dizer se tem alguma rota para o Dilson saindo do Ferraria?
    Não sei se chegou a ver um rascunho que fiz olhando no maps (https://prnt.sc/iltyuc) esse sairia da crista do Taipabuçu em direção ao Dilson, mas não sei se é permitido, pois pode ser propriedade privada.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 6-mrt-2018

    Olá Pessoal estava em viagem e só vi os questionamentos agora.
    Mas percebi que foram muito bem amparados, obrigado pelas respostas.
    E instruíram-me muito bem também nas ricas informações.
    Abraços e boa trilha a todos.

  • pespisheros 6-mrt-2018

    Existe uma rota para o ferraria e também o ferreiro, que não sai do dilson.
    Pelo que eu sei ( eu moro longe das montanhas, 600 km) existe , mas é propriedade particular e o dono não permite a passagem. Tem que pesquisar e verificar se alguém pode dar mais info sobre o dono. Sei que ela poupa um tempo do caramba, pois passa pela frente do caratuva. Vai direto ao taipa ( na verdade ela SAI NA TRILHA ENTRE O TAIPA E O CARATUVA. Quem pode dar as info ? Procurem por Mildo Junior, Elcio Douglas, Julio cesar Fiori, Jurandir Constantino. Saibam pedir com carinho, pois são info confidenciais.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 6-mrt-2018

    Obrigado pelas valiosas informações.

  • pespisheros 6-mrt-2018

    E já sabem....temporada , me deem um toque. Bora dar uma pernada.

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 6-mrt-2018

    SHow +1 x pespisheros!
    Valeu!!

    Não sei se na temporada vou pra esses lados, mas indo, aviso sim!
    Abração!

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 20-mrt-2018

    Salve pessoal!
    Respondendo também a alguns dos questionamentos que vi acima:

    1. Kalu Frohlich, Pespicheros e ExploradoresSP : SIM, existe rota ligando (A) o Ferraria ao Bairro Alto, em Antonina (conhecido nos mapas como Cachoeira de Cima) e também (B) ligando o Ferraria direto de volta à Fazenda Rio das Pedras (Posto IAP, vizinha à Fazenda Pico Paraná - Dilson). Todavia, trilha direta do Ferraria pro PP, estabelecida não tem, só varando muito mato e escalando mesmo.. Já foi feito no passado, mas é o tipo de empreitada bem complexa que, na sua variante menos difícil exigiria descer a Crista Leste do Ferraria e cruzar o vale do Rio Cotia e dali subir em direção ao selado entre Caratuva e PP, muito vara mato e trechos de escalada. Outra rota possível, bem mais complexa tecnicamente seria descendo o Ferraria pela Face Leste e, cruzando o mesmo vale, enveredar escalando pelo paredão do Ibitirati, aqui com bastante escalada em rocha equipada mesmo.


    O link de (A) foi postado aí acima num comentário do Kalu, uma tracklog do Tiago Korb. O de (B) não tem tracklog postado aqui no Wikiloc, mas existe caminho e é feito com frequência, consistindo numa ligação a oeste na altura da entrada da trilha para o Cume do Guaricana, como mostrado nesta tracklog que também foi comentada acima.


    Lembrando só que, se fizerem esta ligação que sugeri acima, evitem compartilhar abertamente no Wikiloc, pois é área de particulares e que não gostam muito de serem "visitados" por assim dizer. Pode causar conflitos ali.


    2. ExploradoresSP : Seu rascunho sobre a crista do Taipabuçú está correto, mas a rota está bem fechada em alguns trechos, especialmente no alto perto dos cumes, teria que rastreá-la ali, e realmente é área de particulares, mas pode passar tranquilo se não chamar muito a atenção (grupo pequeno, silencioso e rápido), vai ligar com a trilha do trajeto que sugeri acima para (B) atrás da Fazenda Rio das Pedras.


    No mais, espero que aproveitem. Abraço!

  • Foto van exploradoressp

    exploradoressp 20-mrt-2018

    Sensacional!
    Valeu por todas as informações @gvogetta!

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 20-mrt-2018

    Ik heb deze route gevolgd  Bekijk in detail

    Como sempre uma descrição bem completa do Johnny.
    Discordo um pouco do grau de dificuldade atribuído, usando critérios objetivos de classificação de trilhas a classifico como DIFÍCIL, pois no trecho entre o Tucum e o Itapiroca existem algumas roubadas, gretas, vegetação cerrada e dificuldade de orientação que junto com as condições climáticas podem complicar bastante o vivente.
    Trajeto que pode ser feito tanto de ataque, andando rápido e leve, ou em 2 dias, com acampamento sugerido no Cerro Verde, até para curtir a vista de pôr e nascer do sol naquele que é o melhor anfiteatro da área.

  • Foto van Leonardo Régnier

    Leonardo Régnier 20-mrt-2018

    Excelente pedida essa travessia!!!
    To louco pra fazer.
    Um dia tentei ir do Itapiroca ao Cerro verde, mas a mata estava muito fechada, logo ia escurecer, e estávamos sem equipamento de pernoite. Então desistimos quase chegando em baixo, no vale.
    Abs.
    Leonardo

  • pespisheros 21-mrt-2018

    Getulio como sempre, matando a pau. Excelente.
    Não considero como difícil, o trajeto entre o cerro verde e o itapiroca, desde que : Você tenha se preparado, não esteja muito carregado, não vá a noite. Cuidado na descida do cerro verde para o itapiroca e vice versa. Existem gretas por ali, terreno ruim, molhado, escorregadio. Mas tento isso em mente. Vá , aproveite. Quando chegar no itapiroca pelo cerro verde, tem umas rochas meio ruins de subirem com cargueira, aproveite e olhe para baixo, para ver por onde você subiu, outra coisa, antes do cume do itapiroca ( sempre vindo pelo cerro verde) olhem as arvores e o local, parece filme de suspense. Dormir ali deve ser bem legal no verão. Lugar bonito, porém estranho.

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 21-mrt-2018

    Salve!
    Lembrando sempre que devemos classificar as trilhas com base em critérios objetivos e num modelo "mediano" do trinômio "pessoa/experiência/equipamento". O que pode ser considerado fácil para uns (considerando apenas a minha pessoa, por exemplo, classificaria como "fácil"). Porém, com base nos critérios acima e como colaboramos diretamente com o GOST/Bombeiros, também costumamos considerar sempre o histórico de ocorrências que determinada trilha para fazer este balanceamento. E neste caso temos um histórico ruim entre o Itapiroca e Cerro Verde, que inclui até mesmo caso de óbito, portanto eis o porquê da minha classificação ser apresentada como DIFÍCIL.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 28-mrt-2018

    Muito Obrigado pelas informações.
    Getulio: "'...temos um histórico ruim entre o Itapiroca e Cerro Verde, que inclui até mesmo caso de óbito, portanto eis o porquê da minha classificação ser apresentada como DIFÍCIL.." bom saber desta questão com certeza estarei alterando o nível desta trilha, na realidade tenho muitas trilhas que estou precisando mudar o nível até mesmo por uma maior popularização deste software.

  • Foto van edisonbrunholo

    edisonbrunholo 7-mei-2018

    Ik heb deze route gevolgd  geverifieerd  Bekijk in detail

    Fomos com dois carros, deixamos um carro na fazenda Rio das Pedras e outro na fazenda bolinha para agilizar o retorno, porém se combinar com o Sr. Da fazenda bolinha, ele busca com o carro dele lá na Rio das Pedras.

  • Foto van guilherme_budiga

    guilherme_budiga 15-mei-2018

    Da pra ir e voltar pelo Camapuã Tucum cerro verde? Ida e volta pela mesmo trilha?

  • Foto van Luís Felipe Backpacker

    Luís Felipe Backpacker 6-jun-2018

    Olá Johnny S.. Obrigado por divulgar esse track..
    Jhonny.. Como você fez com a logística? Queria saber se há ônibus saindo de Curitiba até o Posto do Túlio (para pegar a estrada a pé até a Chácara do Bolinha) e ônibus na estrada próxima a Fazenda do Pico Paraná, para voltar à Curitiba.

    Grande abraço.

  • pespisheros 7-jun-2018

    Luís felipe, como moro no interior, eu fui até o posto tulio de onibus, eu peguei uma linha que sai de curitiba e ia até registro SP (creio eu ).
    Pede pra descer um pouco depois do posto ( 400, 500 M) pois senão vai ter que andar um pouco mais ( a entrada é uns 1000 metros do posto. Fale com o Motorista para levar adiante do posto, sente no banco da frente e leve sua mochila lá dentro pois o motorista não retira a bagagem do bagageiro. E na fazenda do dilson ou no rio das pedras, ao descer , já vai conversando com a galera, sempre rola uma carona, seguida de uns trocados. Certa vez me deixaram no terminal de ônibus que ia a rodoviária. O Ônibus para registro saia 6:50 ou 7:00 horas.

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 7-jun-2018

    Olá!
    Luís Felipe, confirmando om que outro colega disse acima, a linha de ônibus é a mesma (ida e volta), mantida pela empresa de Viação Princesa dos Campos, com saídas da Rodoferroviária de Curitiba, primeiro por volta das 7h00. Linha Curitiba x Registro. Saídas e retorno diários entre as duas cidades. Porém tem que se informar no balcão da rodoviária sobre os horários do "pinga-pinga" pois não são todos os horários que param no caminho para embarque-desembarque.
    A passagem é vendida até a localidade "Terra Boa", área onde fica a entrada para o Pico Paraná (fazendas - Rio das Pedras e Dilson). O Posto Túlio, referência para acesso à Fazenda Bolinha, fica antes, uns 4,5 Km de Terra Boa. Daí, precisa combinar com o motorista para te deixar no "trevinho" da estrada de terra, logo após o posto (uns 400m sentido SP)onde verá placa indicando a localidade de Lagoa Vermelha. Essa é a estrada para a Fazenda Bolinha, cerca de 40 min de caminhada. Para voltar, tem que pegar o ônibus no posto Tio Doca, sentido oposto da rodovia, sentido Curitiba. Pode pagar a passagem no próprio ônibus, mas para isso sugiro que converse com o motorista para ver os horários em que o ônibus passa ali com parada para embarque. Também é possível conseguir carona das Fazendas na base de acesso para o Pico Paraná, mas aí vai da sorte e da conversa.
    Bons ventos!

  • pespisheros 7-jun-2018

    Getúlio como sempre, matando a pau....é isso mesmo luis felipe, tinha me esquecido que tem que comprar passagem até a localidade de terra boa. E getulio falndo nisso : Tú tens o track do guaricana, ferreiro ??? como se chega naqueles pontos, tens andado por lá ? E mata-me uma curiosidade , quando se olha do PP, em direção ao guaricana, ferreiro, aquela cadeia de picos, fica fora do ibitiraquire, como leva o nome daquela região ?

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 8-jun-2018

    Salve!
    Sim, tenho andado naquela região do Ferreiro e Guaricana sim. Aqui no Wikiloc achará tracks da área. Busque como Travessia de "Los Olvidados".. Mas já adianto que ali é bem mais complicado que outras trilhas da região. Na verdade se trata do pedaço mais selvagem (hoje) do Ibitiraquire.
    Sobre a serra depois (ao norte) do Guaricana, ali é a Serra dos Capivaris, onde ficam montanhas bem legais e menos frequentadas, com acesso bem fácil a alguns de seus cumes, como o Capivari Grande, Mirim e Médio. Encontrará tracks por aqui também, com estes nomes.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 10-jun-2018

    Opa. Valeu pelas excelentes informações.
    E já serviram de informação extra para mim também.
    Abraços.

  • Foto van irapuanpires

    irapuanpires 17-jun-2018

    Fala Johnny! Véi... suuuper show sua descrição da trilha! Vc sabe se tem como conseguir carta cartográfica pra navegação com bússola? Obrigado por compartilhar!

  • Foto van Franciele Bubniak

    Franciele Bubniak 17-aug-2018

    Olá ! Esse mapa que compartilhou é do início até o cume do morro Camapuã direto ?

  • Foto van edisonbrunholo

    edisonbrunholo 17-aug-2018

    Oi Franciele, sim, esse mapa sai da fazenda do bolinha passa pelo Camapuã, depois segue para o tucum , cerro verde, Itapipoca Getúlio e sai na fazenda Rio das Pedras.

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 17-aug-2018

    Isso mesmo. Obrigado pela agilidade e resposta amigo.
    Abraços e Boas trilhas.

  • Foto van Luís Felipe Backpacker

    Luís Felipe Backpacker 18-aug-2018

    Perfeito, Johny e Gvogetta! Valeu pelas respostas! Grande abraço

  • Foto van Franciele Bubniak

    Franciele Bubniak 30-aug-2018

    Desculpa mas não entendi! Queremos subir apenas Camapuã e Tucum, e sair no mesmo lugar que começamos ... essa trilha não me serve então? Pois passar em mais morros, é isso?

  • Foto van edisonbrunholo

    edisonbrunholo 30-aug-2018

    Franciele, vc pode usar esta para ir até o tucum sim. Aí é só voltar quando chegar Lá não continuando a travessia. Ou, vc pode baixar outra trilha no wickloc que vá somente até o tucum, vc pode achar uma circular que volta para o mesmo lugar aliás.

  • Foto van edisonbrunholo

    edisonbrunholo 30-aug-2018

    A do Felipe Montanhista que vc tem salva nas tuas favoritas é uma delas Franciele.

  • pespisheros 30-aug-2018

    Franciele, me desculpe a franqueza e sem querer ofender, mas pp , tucum, Camapuã, o pessoal sobe de chinelo. São as montanhas mais fáceis por ali.

  • Foto van edisonbrunholo

    edisonbrunholo 30-aug-2018

    Me desculpe a franqueza pespisheros, elas podem ser fáceis para nós, porém pelo perfil do wickloc da Franciele percebi que ela não tem tanta experiência assim. Além do mais, a pouco tempo tivemos resgate difíceis naquela montanha a pouco tempo. Todo cuidado é pouco.😉

  • Foto van gvogetta

    gvogetta 30-aug-2018

    Olá Franciele
    Primeiro, não se sobe montanha "de chinelo". Uso de bota em montanhismo é fundamental! Rsrs.
    Essa de montanha fácil não existe. Todas tem suas dificuldades, físicas e técnicas e elas são, por óbvio, relativas à condição própria de cada pessoa. Pessoal se ilude dizendo que a trilha pro Pico Paraná é fácil, mas tecnicamente não é. Basta ver as taxas de desistência entre os aspirantes a cume dele todos os FDS. Pode ser mais fácil prá mim, ou prá qualquer pessoa que já a tenha feito e a conheça bem. Só que a dificuldade não se mede partindo do olhar de alguém que já tenha experiência, pois os parâmetros tornam-se extremamente subjetivos como avaliação de dificuldade. Parte-se da visão neutra, de alguém sem experiência prévia e de alguns indicadores objetivos, como distância, gradiente do terreno, altimetria acumulada, distância para eventual resgate, etc. Por isso temos padrões de avaliação objetivos, como o MIDE, que não vou me delongar para explicar aqui.
    ..
    Mudando de saco pra mochila, esta tracklog do Johnny pode ser usada por vocês para ir somente até o Tucum, saindo da Fazenda Bolinha (início da track gravada). Basta seguir até o cume do Tucum e ali retornar pelo mesmo caminho, simples assim. Se a ideia for acampar e saírem cedo, ao chegar no Tucum com tempo sobrando, podem avaliar a descida do Tucum pro Cerro Verde e visitá-lo, ou até mesmo acampar nele para depois retornar, tendo cumprido mais uma etapa de conhecimento da região para num momento posterior até mesmo completar a travessia planejando melhor a logística envolvida para o resgate entre as fazendas.
    Abraço e boas trips!

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 31-aug-2018

    Obrigado pelas resposta Getúlio, muito bem colocada.
    Agradeço por estar sempre compartilhando seus conhecimentos e concordo plenamente contigo referente as dificuldades da montanha.
    Abraços e boas trilhas para todos.

  • Foto van Bruno J. Canfield

    Bruno J. Canfield 11-okt-2018

    Johnny depois do tucum tem pontos para pegar agua

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 12-okt-2018

    Olá. Na época que fiz os pontos de água eram bem pequenos havia um ponto de água na descida, mas um filete bem pequeno, melhor garantir.
    Abraços e boa trilha.

  • Foto van Bruno J. Canfield

    Bruno J. Canfield 13-okt-2018

    Valeu

  • Foto van rodrigourso30

    rodrigourso30 17-okt-2018

    Boa meu amigo johnny, obrigado pela postagens, sempre massa !!!
    Valeu galera OBRIGADO pelas dicas, todas muito legais.... pretendo fazer CIRIRICA 》》FERRARIA assim q o tempo dxar !!!

  • Foto van Johnny S

    Johnny S 17-okt-2018

    Obrigado pelo feedback.
    Realmente este tempo está precisando ajudar, só chove por aqui ultimamente.
    Abraços e boas trilhas.